About Daniel Babalin

Daniel Babalin

Portuguese*/English**

*Daniel Babalin, 23 anos, apaixonado por música.

Desde que ganhei um Walkman, em 1995, começou minha fissura em ouvir música e compartilhar música com meus amigos. Ficava esperando a rádio anunciar alguma banda que eu gostava, pra gravar na fitinha e poder escutar de novo depois. Quando tinha excursão da escola, eu me preocupava em pegar meu walkman, conectar caixinhas de som do meu pc antigo nele pra levar no ônibus e dividir a música com meus amigos. Lembro até hoje a primeira música que baixei no napster, achei fantástico poder baixar qualquer música, e poder escutá-la a hora que eu quisesse.

Fora essa fissura por música, eu também gosto muito de literatura, cinema, street art, futebol, esportes em geral. Sou graduado em Letras, trabalho como Intérprete e Tradutor freelancer, inglês<>português. Consigo me comunicar em italiano e francês também.

Desde pequeno, viajo muito, meu pai é aeronauta e por isso pude viajar muitas vezes “de graça”. Isso, junto ao fato de viver numa cidade tão cosmopolita e com uma cena musical tão forte quanto São Paulo, me fez uma pessoa de múltiplas referências artísticas/culturais. Isso tem o lado positivo e o negativo, o positivo é poder entender algumas referências e intertextualidades. O lado negativo é as vezes perder o foco, e não ser organizado. Sucesso é sofrimento.

——————

**Daniel Babalin, 23 years old, music affectionate.

Since I got a Walkman in 1995, I became addicted to music and to sharing the songs I liked with my friends. I used to wait for a local radio station to play a song I liked so I could record it on tape and listen to it afterwards. On school field trips, I used to take my walkman, connected to some PC speakers so I could share with my friends what I had been listening to. I still remember the day I downloaded my first song via Napster, it was awesome, being able to listen to any song, anytime.

Appart from this music addiction, I also like literature, movies, street art, football and pretty much every other sport. I got a BA in Translation/Interpretation English<>Portuguese, and I can manage to communicate myself in Italian and French as well.

I am used to travelling a lot. Since I was a child. My dad is an airline pilot, which grants me some free tickets. This, along with the fact I grew up in a very chaotic and cosmopolitan city as São Paulo, made me a person of multiple cultural/musical references. This has its pros and cons. The best thing about it is being able to see some intertextuality between different works, and being able to acknowledge different things without prejudice. The worst thing about it is that sometimes it is hard to focus and I am not neat at all. No pain, no gain.

6 Responses to About Daniel Babalin

  1. Pingback: orbiphones « Espaço com Design

  2. Rafael Nakama says:

    Dude, vc tem um email pra nós trocarmos uma idéia sobre seu projeto?

  3. Daniel, enviei um e-mail contendo algumas configurações que você pode achar interessantes para o seu blog.

    []‘s.

  4. Alan says:

    Achei engraçado quando percebi a proposta do seu blog, pois sempre quando ando pela rua a caminho do trabalho e vejo alguém com fones de ouvido tenho uma estranha vontade de parar a pessoa e perguntar o que ela está ouvindo e o que ela gosta de ouvir. Achei ainda mais engraçado quando olhei seu perfil, e creio que você entenderia perfeitamente a razão ao saber que eu também curto muito música, sou professor de inglês e estou prestes a começar um curso de letras/inglês ano que vem (só tenho 17 anos)… É engraçado perceber como nós (humanos) somos ordinários, já que mesmo tendo nascido em uma cidade tão diferente da sua – Guabiruba, SC, nem 20 mil habitantes – nós somos, pelo que percebo, tão parecidos – também tenho um interesse grande por idiomas. Se você poder, e quiser, seria legal poder trocar umas ideias, então se poder me retornar o email ficaria agradecido! Abraço, e espero resposta, see you my dear fellow!

    • babalin says:

      Olá Alan, me desculpe pela demora no retorno, legal ver que outras pessoas tem as mesmas curiosidades e interesses que a gente… Mostra que mesmo sendo tão diversos em muitas coisas podemos nos assemelhar ao próximo. Te mandarei um email para conversarmos mais sobre o projeto e etc… Abraço!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>